Blog

Acompanhe as notícias sobre acupuntura

Como evitar o stress de fim de ano

A agenda de encontros, amigos secretos e confraternizações aumenta na mesma proporção que as reuniões para cumprir as metas do trabalho. A lista de compras e presente nem sempre é proporcional ao tempo e ao dinheiro disponíveis e, pra completar, as escapadas da dieta e da academia se acumulam junto com as promessas de Ano Novo. Se esse costuma ser o cenário do seu final de ano, pare, respire e comece já a mudar alguns hábitos.

Nessa época do ano, é mais comum os pacientes chegarem à Clínica com sintomas de fadiga, insônia, ansiedade, entre outros. É o famoso stress de fim de ano. Há pessoas que, na época das festas, podem apresentar também sintomas depressivos, por ser um período que nos leva a fazer uma reflexão sobre o ano que se acaba. Pensar no que deixou de ser feito, pessoas próximas que se foram e outros fatores podem agravar a situação.

Melhor rendimento

E Acupuntura pode ajudar a tratar vários problemas que costumam incidir mais nesse período como sintomas digestivos (dor, má digestão, constipação intestinal) decorrentes do nervosismo e da má alimentação, e a própria ansiedade para finalizar o que se propôs ao longo do ano.

“Além disso, a Acupuntura pode ajudar a aprimorar a qualidade do sono e melhorar a concentração. Com isso, o paciente terá um melhor rendimento no trabalho e nas atividades em geral”, coloca Dr. Fábio Roza, médico acupunturista da clínica Itapevacupuntura. Mas, antes de chegar ao final do calendário exausto, fique atento a algumas dicas que podem ajudá-lo a viver esse momento com maior qualidade de vida.

Não sofrer

“Acho que a técnica é não sofrer com o que não tem jeito”, explica a pedagoga Lilian Bacich, que encontrou na resiliência uma forma de enfrentar a temporada de eventos sem se cobrar tanto. “Então, mesmo que fique tudo em cima da hora (e é claro que fica), acho que o ponto é não sofrer com o stress. Afinal, não adianta antecipar cada vez mais as coisas porque, daqui a pouco, estaremos comprando  presente de Natal depois do Carnaval”, pontua Lilian.

Outra solução é realmente não se ater tanto ao calendário, como coloca o psicólogo Arnaldo Cheixas Dias. “Embora se perca o ‘timing’, já participei de confraternizações em janeiro. Pra quem não vai viajar, a ideia é ótima. Restaurantes vazios e nada do estresse de ‘ter de’ fazer tudo antes do dia 25”, diz.

Evite o stress

Diminua o ritmo: pode parecer irônico, mas desacelerar ajuda a focar e a melhorar a qualidade e o rendimento no trabalho.

Não deixe de se cuidar: mantenha as atividades físicas e a boa alimentação. Não adianta deixar de lado o que se conseguiu até agora com hábitos saudáveis e retomá-los apenas como promessa de Ano Novo.

Seja justo consigo mesmo: comemore as conquistas e evite pesar demais no que não conseguiu alcançar nesse ano. Novas oportunidades surgirão.

Planeje o que for possível: programe-se para encomendar presentes pela internet e antecipe o quanto puder celebrações informais e encontros inadiáveis.