Blog

Acompanhe as notícias sobre acupuntura

Você é escravo do tempo?

As folhas finais do calendário e o acúmulo de afazeres antes das festas de fim de ano costumam gerar uma grande carga de stress. O tempo sempre é curto e a promessa de não deixar tudo para a última hora fica para o ano que vem. Mas, e no dia a dia, você é escravo do relógio ou controlada bem sua agenda? Um levantamento pelo IBOPE Inteligência analisou como os brasileiros fazem uso do seu tempo e descobriu que 35% dos entrevistados precisariam de um dia com mais de 24 horas.

Segundo a pesquisa, parte das pessoas até compraria algumas horas a mais, se isso fosse possível. Mas o estudo também descobriu alguns pontos importantes a respeito do que é prioridade e de como o os brasileiros fazem uso das únicas 24 horas a que temos direito em um único dia.

Prioridades

As refeições, por exemplo, que costumam ficar apertadas entre os compromissos diários, ganham uma hora a mais do dia dos brasileiros caso eles possam ir a um restaurante que faça “comida caseira”. As mulheres se dispõem a passar de 10 minutos para 1 hora em uma loja de maquiagem caso possam ter um profissional aplicando o produto para que elas experimentem.

Em relação à saúde, na hora de selecionar um laboratório para um exame médico preventivo de baixa complexidade, homens e mulheres gastariam até 1h10min a mais para fazer em laboratório conhecido e bem recomendado, ao invés de um laboratório muito próximo e eficiente, mas desconhecido.

Ou seja: que tal elencar prioridades e racionalizar o uso do tempo? Buscar soluções práticas e eficientes para o dia a dia requer um pouco de planejamento, mas logo se torna um hábito. Repensar a forma como gastamos cada período do dia é uma forma, também, de analisar por que é que nunca conseguimos aquele espaço na agenda para cuidar mais de nós mesmos e passar mais tempo com quem é mais importante. E isso é um grande investimento em saúde e bem-estar.