Blog

Acompanhe as notícias sobre acupuntura

Costuma ter tontura? Conheça as origens do problema

Quem nunca sentiu uma tontura, pelo menos, uma vez na vida? Muitas vezes, o sintoma é ignorado, mas é bom ficar atento, pois pode ser um alerta para outros problemas. A tontura é caracterizada por uma sensação rotatória do corpo em relação ao ambiente ou vice-versa, podendo durar segundos ou persistir por vários dias.

Segundo o Dr. André Felício, médico pesquisador do Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo, as causas são diversas, incluindo condições médicas gerais, por exemplo, anemia, hipertensão arterial, infecções, além de causas otorrinolaringológicas, neurológicas e até psiquiátricas.

Um tipo de tontura muito comum acontece quando levantamos rápido demais. Neste caso, pode ocorrer o que chamamos de “hipotensão postural”, relacionada a uma queda brusca da pressão arterial. Outra situação que gera o sintoma é a vertigem paroxística posicional benigna, quando movemos a cabeça para algum lado e sentimos uma rápida tontura, que se alivia a seguir. Nestes casos, o problema está dentro do ouvido interno.

A tontura deve ser cuidadosamente avaliada por um profissional médico, em particular, quando persiste, instala-se subitamente, está associada a sintomas neurológicos ou quando é secundária a traumas cranianos. O tratamento dependerá da causa, mas o médico saberá direcionar o manejo para cada situação específica.

Cabe aqui ressaltar a significativa quantidade de idosos fazendo uso, de maneira indiscriminada e por longo tempo, de antivertiginosos (medicações para tontura) e que podem, em alguns casos, levar a sintomas que sugerem doença de Parkinson. Por isso, o uso crônico de qualquer medicação, em particular, os antivertiginosos, deverá ser feito apenas sob orientação médica.

 

Acupuntura como alternativa

Em 1979, a Organização Mundial de Saúde (OMS) editou uma lista com 41 doenças que apresentaram excelentes resultados com o tratamento de Acupuntura. A pesquisa, intitulada Acupuncture: Review and analysis of reports on controlled clinical trials, analisou a  eficácia da acupuntura, entre outras técnicas, em comparação com o tratamento convencional para 147 doenças, sintomas e condições de saúde.

Entre os resultados, ficou comprovado que, em 75% dos casos, o método foi responsável pela melhora de pessoas acometidas por diferentes tipos de tontura, inclusive entre pacientes com câncer, para os quais a Acupuntura minimizou consideravelmente a tontura e o cansaço inerentes ao tratamento quimioterápico.